domingo, 20 de fevereiro de 2011

Lula, o amigo de todos

O site WikiLeaks, especializado em divulgar documentos secretos que constrangem líderes políticos em todo o mundo, soltou mais uma bomba. Desta vez o alvo é a “amizade” entre o ex-presidente Lula e o atual presidente da Venezuela, Hugo Chávez.


Segundo o site, houve um encontro entre Lula e o então presidente recém eleito do Peru, Alan García. De acordo com o relato de um funcionário da diplomacia peruana, Lula disse no encontro que a vitória de García foi “um revés necessário para o presidente Chávez”.


Nas eleições de 2006, Alan García derrotou Ollanta Humala, candidato do Partido Nacionalista e aliado de Hugo Chávez. Este ano, Humala é novamente candidato, mas está em quarto lugar nas pesquisas e distanciou-se de Chávez, tentando agora aproximação com o PT brasileiro.


As brigas entre García e Chávez foram tão fortes que o presidente da Venezuela, que não tem trava na língua, chegou chamar o colega peruano de “ladrão e corrupto”. Chávez e Lula mantiveram relação amistosa durante anos, chegando a fazer com que alguns setores políticos temessem que o petista quisesse virar uma espécie de Chávez brasileiro. No tal documento divulgado pelo WikiLeaks, o funcionário peruano diz que Lula afirmou que ele e García são “velhos amigos” e que compartilham “a mesma visão sobre a política de integração econômica”.


Este fato, se verdade for, só demonstra mais uma vez a capacidade diplomática do nosso ex-presidente. Ele que preferiu se afastar das ideologias esquerdistas ao extremo em prol de uma boa relação com o mundo todo, indo desde George Bush a Mahmoud Ahmadinejad.