quarta-feira, 27 de abril de 2011

Morre Orlando Bosch, inimigo dos Castro

Morreu em Miami o militante Orlando Bosch, 84, um dos homens que fazia forte oposição ao regime de Fidel Castro em Cuba.

Em 1976 ele foi detido junto com um ex-agente da CIA na Venezuela, acusado de planejar o atentado contra um avião da Cubana, mas foi inocentado. Bosch chegou a apoiar o início da Revolução Cubana comandada por Fidel, mas logo depois tornou-se opositor e fundou um grupo guerrilheiro contrarrevolucionário. O grupo durou pouco em em 1960 ele abandonou a ilha, indo para Miami, de onde seguiu militando.

Bosch era considerado pelo governo em Havana como um "terrorista" protegido pelos Estados Unidos.