quarta-feira, 2 de maio de 2012

Bolívia estatiza empresa espanhola de distribuição de energia

O presidente da Bolívia nacionalizou a empresa Transportadora de Eletricidade S.A. (TDE), controlada pela Rede Elétrica Internacional, filial do grupo Rede Elétrica Espanhola.

Evo Morales justificou a desapropriação afirmando que considerou baixo o investimento da empresa espanhola de 81 milhões de dólares para 16 anos.

A TDE foi fundada em 1997 e possui 73% das linhas de transmissão na Bolívia.

Quase todo o capital estava em mãos da Rede Elétrica Internacional e 0,06% pertencia aos trabalhadores da empresa. O decreto prevê a contratação de uma "empresa independente" para definir o valor a ser pago pelas ações da companhia.

Estatizações no Dia do Trabalho não são uma novidade na Bolívia. Em anos anteriores, Morales escolheu a mesma data para anunciar a nacionalização da produção de petróleo, de empresas de eletricidade e de fundições.