quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Quem ganhou com a vitória de Chávez?


O "ditador" ficará mais seis anos no poder. Hugo Chávez, mais uma vez, foi eleito democraticamente. O povo decidiu que a revolución bolivariana tem que continuar. A vitória foi apertada, mas sem contestações. Dessa vez ninguém colocou em dúvida o sistema eleitoral do país onde o voto não é obrigatório.

O governo Chávez é muito similar ao governo Lula. Os programas sociais recebem atenção especial. Sendo assim, os mais favoridos são os pobres. Logo, quem reelegeu o presidente foi a massa.

No Brasil, o voto de massa geralmente é desvalorizado, apesar de ser maioria. Dizem se tratar de um voto desqualificado e desprovido de avaliação ideológica. Provavelmente, na Venezuela passa o mesmo. E foi esse voto que reelegeu Chávez.

Henrique Capriles, o opositor derrotado, é um representante das camadas que se acham superiores. Apesar de copiar programas sociais brasileiros na província que governa, não conseguiu alcançar a maior parte da massa.

Quem vai ganhar com a vitória de Chávez, além do ego do próprio, é o pobre que depende e seguirá dependendo do governo para (sobre)viver.