segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Se eleição fosse hoje, Cristina teria 53% dos votos na Argentina

Enquanto a oposição se mobiliza para tentar barrar os supostos planos de Cristina Kirchner de concorrer a um terceiro mandato na Argentina, os apoiadores da presidenta divulgaram nesta segunda-feira uma pesquisa que revela que 54% dos entrevistados votariam na atual mandatária se a eleição fosse hoje.

A pesquisa ouviu 1200 pessoas maiores de 18 anos (jovens menores de idade são os principais militantes da presidenta) na Grande Buenos Aires e nas cidades Córdoba, Tucumán, Santa Fe, Santa e Mendonza.

Citando os nomes dos possíveis presidenciáveis, a pesquisa perguntou: “se a eleição fosse hoje, em qual desses candidatos você votaria?” Cristina Kirchner foi citada por 53% dos entrevistados, enquanto 11% afirmaram que votariam em Hermes Binner e 10%, no prefeito de Buenos Aires, Mauricio Macri.

De acordo com os dados, 55% dos entrevistados se disseram a favor da continuidade do modelo econômico do atual governo, 98% afirmaram que não participaram do panelaço do último dia 8, 60% avaliam como positiva a imagem do governo e 53% disseram que a sua situação socioeconômica atual é positiva.

Os dados devem ser avaliados com parcimônia por se tratar de uma pesquisa feita por apoiadores da presidenta, mas revelam que a intenção dos kirchneristas é mesmo que Cristina concorra à ‘re-reeleição’. Do contrário, o nome dela nem estaria entre os possíveis presidenciáveis.