segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Uruguai vai punir quem divulgar ‘vídeos íntimos’

Após discutir aborto, ditadura e maconha, o Uruguai largou na frente em mais uma questão polêmica: um projeto do deputado Carlos Gamou, da base do governo de Pepe Mujica, quer punição para quem publicar na internet vídeos ou fotos íntimas de outras pessoas. A proposta – que gosto de chamar Lei Cicarelli - já encontrou respaldo do ministro interino da Justiça, Jorge Vázquez.

No projeto, o deputado propõe penas de seis meses a dois anos de prisão para quem divulgar, sem autorização, gravações e imagens “com conteúdo íntimo”. Jorge Vázquez manifestou apoio à ideia de Gamou em uma coletiva de imprensa na tarde de hoje: “Não se pode causar dano a outras pessoas violando sua intimidade”, disse.