quinta-feira, 23 de maio de 2013

Governo da Venezuela justifica falta de papel higiênico: "as pessoas estão comendo mais"

Nesta sexta-feira o Congresso da Venezuela aprovou a importação 39 milhões de rolos de papel higiênico, produto em falta no país. A previsão é que o estoque dure apenas uma semana.

No mesmo dia, em entrevista a uma televisão local, o presidente do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) tentou justificar de maneira inusitada a falta do produto: “as pessoas estão comendo mais”.

Elías Eljuri foi encarregado de divulgar um levantamento feito pelo INE que aponta que os venezuelanos “comem três vezes por dia e mais”. O informa diz que 95% da população está se alimentando melhor e isso justificaria a grande demanda por papel higiênico.

Morri.